Categorias:

Vale a pena investir em projetos de energia solar?

Energia Solar

A pergunta é pertinente! Vale a pena sim! Vale muito! 

Temos em mãos uma janela de oportunidade, um momento único de alta demanda por energia elétrica, renovável e sustentável. Temos espaço para crescimento dentro da matriz elétrica. Temos o Projeto de Lei  5829/ 2019, o Marco Legal, aprovado no Senado Federal, que traz segurança para o crescimento da energia solar e elimina especulações sobre a “taxação do sol”. Estamos falando de um cenário dinâmico e sólido, que diminui o risco da sua carteira com segurança e previsibilidade.

Junte a este cenário uma rentabilidade alvo muito acima da inflação.

Mas, antes de falarmos de números, entenda os porquês!

Estamos vivendo a maior crise hídrica dos últimos 91 anos.  Com ela, sentindo na pele e no bolso o encarecimento da energia elétrica e seu impacto nos sistemas produtivos provocando o aumento generalizado de preços: inflação. 

“ Os recursos são insuficientes para o atendimento ao mercado de energia e demandarão de novas medidas a curto prazo.”

alerta  a  ONS –  Operador Nacional do Sistema Elétrico 

O problema, além de ambiental, é estrutural. A matriz elétrica brasileira depende do volume das águas fluviais para o funcionamento das usinas hidrelétricas, responsáveis pela geração de mais de 60% da energia utilizada no Brasil. 

As bandeiras tarifárias praticadas recentemente são nada mais que o repasse para o consumidor dos custos de importação de energia termelétrica de países vizinhos como forma de evitar possíveis apagões. O aumento tarifário já alcançou 20,1% entre agosto de 2020 e setembro de 2021, mais que o dobro da inflação do mesmo período.

Uma das possíveis saídas desta situação a médio e longo prazo é investir na  diversificação da matriz elétrica brasileira, com a inclusão imediata de novas fontes de energia  sustentáveis, de baixo custo e de rápida instalação.

O Brasil está entre os 4 países do mundo que possuem  vantagem geográfica para a geração de energia fotovoltaica. Isto acontece devido a nossa localização na linha do equador que proporciona dias longos e de grande incidência de luz ao longo das quatro estações do ano. É por isso que estamos entre os 15 países do mundo que mais se beneficiam desta condição. O Brasil possui atualmente uma malha instalada de placas solares com capacidade produtiva de 10 gigaWatts. Outros países igualmente competitivos para energia solar são a Índia, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos. 

Por que a SIIM acredita nesse projeto? 

  • Promoção de energia de fonte limpa e sustentável; 
  • Diversificação da matriz elétrica nacional;
  • Demanda altamente aquecida devido ao aumento dos valores de energia elétrica; 
  • Setor recebendo investimentos crescentes;
  • Desenvolvimento da eficiência energética e da economia regional;
  • Usufruir da posição do Brasil como potência mundial em geração distribuída de energia solar fotovoltaica, benefício que temos devido a nossa geografia com muitas horas de luz. 
  • Incentivo às práticas de ESG – do inglês environmental, social and corporate governance – governança ambiental, social e corporativa –   além de possuir benefício mundial, é um setor altamente lucrativo capaz de entregar vantagens competitivas para empresas que focam nesses pilares;
  • Mercado com janela de oportunidade de incentivo fiscal: abono de 100% do ICMS e ISS para as empresas que aderirem a geração distribuída até dezembro de 2022.
  • Marco legal da geração distribuída: PL 5829/19 proporciona maior segurança jurídica e regulatória para os investimentos em energia renovável;
  • Mercado validado;
  • Participação da SIIM –  “skin in the game”;
  • Forte crescimento do segmento, opção sólida para diversificação do seu portfólio.

Números do setor de Energia Solar

22 bilhões – de olho na diversificação da matriz elétrica e na crescente demanda por energia limpa e sustentável, o setor de energia solar já recebeu 13 bilhões de reais em investimentos só em 2020. Em 2021 a expectativa é chegar a 22 bilhões, sendo 17 bilhões destinados à GD –  Geração Distribuída. 

14º – O Brasil atingiu recentemente a marca de 10 gigawatts de potência operacional instalada (fonte Absolar), com estes números somos o 14º país no mundo e único na América Latina em geração de energia fotovoltaica.

260% – De acordo com a ASI – Aliança Solar Internacional, a capacidade de geração solar do Brasil cresceu 260% entre 2015 e 2019, sendo responsável por 2% da energia consumida no país. 

10 milhões – A fonte solar já trouxe mais de 52 bilhões de reais em investimentos acumulados desde 2012, gerando mais de 300 mil empregos, e evitando a emissão de 10 milhões de toneladas de CO2.

A SIIM, Fintech de Investimentos Alternativos, acredita que é possível investir em projetos de empresas promissoras com inteligência, simplicidade e segurança. 

Por meio da modalidade crowdfunding, um grupo de investidores aporta em projetos da economia real em troca de rentabilidade alvo diferenciada. 

O crowdfunding é uma modalidade de investimento em ativos reais, descorrelacionados do mercado tradicional de investimentos. Desta forma, ao invés de investir por meio de bancos e corretoras, você aporta em projetos de empresas em fase de expansão e pode conquistar rentabilidade alvo superior a dos investimentos tradicionais. 

Investir em empresas em fase de expansão está ao alcance de todos nós! Somos regulados pela Instrução 588/2017 da CVM  –  Comissão de valores mobiliários.

O que é investimento alternativo?

Investimentos alternativos são bens e direitos ligados à capacidade produtiva do mercado em que estão inseridos. O investidor financia um projeto, tornando -se credor ou sócio do empreendimento,  de acordo com a modalidade da operação que pode ser dívida ou equity. 

Os investimentos alternativos são oferecidos por meio de cotas de valor fixo por um período determinado para a captação. Em contrapartida, o investidor tem direito aos juros ou juros + dividendos, dependendo da modalidade do projeto. A rentabilidade do aporte está diretamente ligada à viabilidade do negócio, ao potencial da sociedade em consumir o produto/ serviço assim como no histórico do empresário. 

Conheça as principais diferenças entre ativos reais e tradicionais clicando aqui.

O papel da SIIM como fintech é intermediar o relacionamento entre o investidor e a empresa/ projeto por meio de nossa plataforma 100% online, regulada pela Instrução 588/2017 da  CVM –  Comissão de Valores Mobiliários,  Registro 31.

Facilidade para investir em negócios em expansão

As empresas que se enquadram no perfil de captação da SIIM Fintech de Investimentos Alternativos têm seus projetos rigorosamente avaliados e validados, seus sócios possuem lastro, oferecendo garantia para captação. Desta forma é possível conquistar uma rentabilidade alvo diferenciada. Todo o processo de captação leva em média 10 meses, desde o primeiro contato até o lançamento da oferta. 

Neste período são analisados números do plano de negócio, do plano financeiro, do mercado, valuation, e somente após a análise documental e jurídica é feito o protocolo junto a CVM, Comissão de Valores Mobiliários, para iniciarmos a captação.

A SIIM seleciona projetos com alta capacidade de sucesso. Nossa equipe de projetos é detalhista e minuciosa, calcula os riscos envolvidos e as oportunidades de cada mercado a fim de chegar a uma rentabilidade alvo atrativa que proporcione o casamento perfeito entre investidor e projeto.

Não apenas pela curadoria prévia feita pela equipe SIIM em busca de projetos inovadores, disruptivos e rentáveis, mas especialmente porque na SIIM investir é tão simples como fazer uma compra online. 

Comece abrindo a sua conta por aqui e siga as instruções. Em poucos minutos você estará apto a navegar pelo dashboard exclusivo da SIIM onde encontrará um pacote completo com todos os documentos necessários para a tomada de decisão que irá mudar a sua forma de investir!

A SIIM também possui canais de contato via whatsapp para você tirar as suas dúvidas, além de canal de telegram.

Será um prazer conversar com você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *